terça-feira, 3 de novembro de 2009

Nothing but words II...

De supetão nos aproximamos
mas...
eu não, como tu tens
amores antigos pendentes
laços com gente
outra mulher em mente

de domingos somos feitos
mas...
eu não, como tu tens
o resto da vida pela frente
flertes, conversas
meninas diversas

de repente era só isso mesmo
dividir teu edredon nos dias amenos
eu sei , como tu sabes
quão passageiro, ligeiro
breve, mas bom
foi

preciso me abster
não sou teu tipo,
eu sei, como tu sabes
então saio de fininho
na ponta dos pés
para não te acordar e deixares de sonhar