domingo, 10 de janeiro de 2010

Nothing but ... Poe


"A treva enorme fitando, fiquei perdido receando,
dúbio e tais sonhos sonhando que os ninguém sonhou iguais."
Trecho "O Corvo" - Edgar Allan Poe ( tradução Fernando Pessoa 1924)