segunda-feira, 8 de março de 2010

Nothing but words...

hoje tremi de frio
há muito pedia por isso
mas mesmo assim, melhor que tremer de frio
é dividir o calor.

----------

deserdo a brutal culpa da qual fui vítima noite passada.
não sinto mais nada.

-----------

procura-se alguém em quem pensar
um colo diferente pra deitar
palavras que não somente resultam em cama pra escutar,
uma mão pra segurar enquanto a outra faz carícia pra ninar.

-----------

sentimento trincado
por devaneios lógicos
romantismo saturado
por desilusões reais
se eu foste
o que tu fostes pra mim
o fim seria o começo da diversão
sobrepondo a ira

de supetão.




photo by Terry Richardson