quinta-feira, 22 de abril de 2010

Nothing but words II...

Enquanto tento adivinhar o que pensas,
esqueço as minhas próprias dúvidas.

----------

quando a imagem insensível se esvai
a vulnerabilidade se mostra com toda sua graça
e é aí que as lágrimas caem sem mais farsa