sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Nothing but words IV...

Não se entregue ao acaso
Ele pode te surpreender


Tenha fé no sexto
No sétimo e no oitavo sentido

Leve um isqueiro no bolso
Vai que a escuridão resolve aparecer

Tome cuidado com certos sorrisos
Alguns prometem e não cumprem

Valorize um aperto de mão
O abraço às vezes sufoca

Dê bom dia com vontade
e boa noite com vigor

Quando uma ideia surgir
Agradeça em voz alta

Silencie a mente ante a tormenta

Confie que ela vai passar

E agora durma
Afinal, a alma também precisa descansar...