domingo, 9 de junho de 2013

Machado...

"Concluo repetindo — que não podes nem deves deixar a musa em ócio, porque, além de um pecado, seria uma desconsolação. Se és feliz, escreve; se és infeliz, escreve também. O remédio assemelha-se um pouco às panacéias universais inventadas pelos charlatães, mas também é o único remédio que não se vende, porque Deus o dá aos seus escolhidos. É inútil dizer que para ser escolhido não basta rimar algumas estrofes em horas de desfastio — é preciso sentir a poesia, como tu, e morrer com ela, como Casimiro de Abreu."

Correspondência de Machado de Assis para José Alexandre Teixeira de Melo